03/06/19 | 19:52
Idosos participam de cursos e oficinas para melhorar qualidade de vida

Foto: Adrisa Góes / SEMAD

Problemas de pressão arterial, diabetes, dores musculares e recomendação médica motivaram a aposentada Nazira Pereira, 71, a inscrever-se no curso “Dança de Salão para a Terceira Idade”, que teve início nesta segunda-feira, 3/6, no Parque Municipal do Idoso (PMI), zona Centro-Sul.

O curso é parte da programação anual promovida pela Fundação Doutor Thomas em parceria com a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), por meio da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi).

 

“Depois que a gente fica inativa, as dores começam a surgir. Com as atividades que venho praticando, espero elevar minha qualidade de vida em breve”, conta Nazira, que também pratica ioga no PMI.

 

A também participante do curso, Anamélia Neves, 63, diz gostar muito das atividades desenvolvidas no parque. “A gente já sai daqui com outro aspecto, com outra visão e, para nós, isso é muito bom, porque a cada dia a nossa parte física melhora ainda mais”, destaca.

 

O secretário da Semad, Lucas Bandiera, destaca que as atividades integram os projetos oriundos do planejamento estratégico Manaus 2030. “Seguindo as orientações do prefeito Arthur Virgílio Neto, a Semad promove ações que visam à valorização das pessoas, proporcionando qualidade de vida e bem-estar para a população idosa de Manaus, nos eixos físico e mental”, afirma.

 

Foto: Thamiles Moutinho/FDT

De acordo com a gerente-geral do Programa Conviver do PMI, Charmênia Sahdo, o objetivo maior das ações é trabalhar a qualidade de vida dos frequentadores. “A parceria com a Espi/Semad tem dado muito certo, principalmente ao final de cada curso, que é quando os idosos são certificados, o que para eles é um momento muito valoroso”, frisa.

 

Já na sede da Manaus Previdência, a programação anual de cursos da Espi/Semad contempla servidores aposentados da Prefeitura de Manaus com vistas à qualidade de vida. Nesta segunda-feira, 3/6, começaram as aulas do curso “Noções Básicas de Libras [Língua Brasileira de Sinais]: Melhor Idade”

 

Servidora inativa da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a aposentada Iranildes Gaspar, 63, afirma que, para ela, as atividades são um compromisso diário. “Logo que me aposentei, eu vinha para cá como um local de distração, hoje é bem mais que isso, é um lugar de aprendizado, onde eu aprendi coisas que nem sabia que existiam. É outro mundo pra mim”, conta a aposentada, que diz já esperar por novos cursos.

 

A psicóloga do setor Psicossocial da Manaus Previdência, Stefani Dias, ressalta que, durante pesquisa aplicada sobre o interesse em cursos, o de Libras foi um dos mais solicitados pelos segurados. “A gente percebe que o curso de Libras agrega na qualidade de vida do idoso, no sentido de ser uma outra língua, o que faz com que eles tenham um exercício cognitivo a ser realizado, despertando o interesse para uma outra forma de comunicar”, afirma.

 

Até o final de junho, estão previstos mais quatro cursos e oficinas voltadas para pessoas da terceira idade, por meio dos programas “Qualidade de Vida na Aposentadoria”, para a Manaus Previdência, e “Formação do Cuidador e Apoio ao Idoso”, para o Parque do Idoso. A programação anual completa de cursos da Espi/Semad está disponível no endereço http://portalespi.manaus.am.gov.br.

 

Texto – Adrisa de Góes / Semad

Foto –  Adrisa de Góes / Semad e Thamiles Souza / FDT