01/08/11 | 11:48
3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Manaus é aberta no Parque Municipal do Idoso

Mais de 300 idosos participaram no dia 20 de junho da abertura da 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Manaus. O evento promovido pelo Conselho Municipal do Idoso, em parceria com a Fundação Dr. Thomas, será realizado até o dia 22, no Parque Municipal do Idoso.

A Conferência Municipal segue o tema proposto pelo Conselho Nacional de Direitos do Idoso, que realizará a Conferência Nacional de Direitos da Pessoa Idosa no mês de novembro no Distrito Federal.

O tema escolhido é “O compromisso de todos por um envelhecimento digno no Brasil”, que sugere a participação de toda a sociedade (idosos, gestores das políticas e conselheiros), em prol da consolidação dos direitos do idoso.

O presidente do Conselho do Idoso, Luiz Antônio Oliveira, afirmou que a Conferência é um momento importante para que os idosos possam discutir as políticas públicas e propor novas ações para o fortalecimento da rede de proteção da terceira idade.

Vice-presidente da Fundação Dr. Thomas, Ana Lúcia Araújo, destacou que a promoção dos direitos dos idosos deve ser um compromisso de toda a sociedade, principalmente da família. “Precisamos acabar com a violência sofrida pelos idosos nos seus lares”, disse Ana Lúcia.

Representando a terceira idade, a coordenadora do Fórum Permanente dos Idosos, Darcy Modesto, disse que a Conferência é uma oportunidade para o avanço nas ações voltadas para os idosos. “Tenho certeza que ao final do evento, vamos encaminhos propostas que contribuirão para a melhoria do atendimento ao idoso na cidade de Manaus”, destacou.

 Programação

A secretária Geral do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Estado do Rio de Janeiro, Sandra Rabello, palestrante convidada do evento, ressaltou que o envelhecimento da população brasileira já é uma realidade, 10% da população está na faixa etária igual ou acima de 60 anos “Esse é um fator positivo. Se estamos vivendo mais é porque o Brasil avançou nas políticas públicas”.

Sandra informou que as previsões indicam que em 30 anos, teremos um idoso a cada quatro pessoas. “O Brasil tem um desafio grande. Precisa aperfeiçoar essas políticas rapidamente. E a participação dos próprios idosos é fundamental”, afirmou Sandra.

Na terça-feira (21), a programação da Conferência prevê realização de palestras e discussões, contemplando os quatro eixos temáticos previstos pelo Conselho Nacional do Idoso: “Envelhecimento e Políticas de Estado”, “Pessoa idosa: Protagonista da conquista e efetivação dos seus direitos”, “Fortalecimento e integração dos Conselhos” e “Diretrizes orçamentárias, Plano integrado e Orçamento Público”.

No último dia do evento (22), os participantes serão divididos em quatro grupos, de acordo com os eixos temáticos. Eles discutirão os temas e apresentarão relatórios com propostas. Em seguida, haverá a votação dos delegados para participar da Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa do Amazonas.