Archive for the ‘Endereço’ Category

Com campanha virtual, prefeitura intensifica alertas sobre violência contra idosos durante pandemia

domingo, junho 14th, 2020

Foto: Mário Oliveira / Semcom

Para evitar o aumento das estatísticas de violência contra o idoso durante o isolamento social por conta da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Manaus realiza uma campanha virtual nas mídias sociais em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, comemorado em 15/6, com o intuito de conscientizar sobre o assunto. “O isolamento deixa marcas”, alerta um dos anúncios, acompanhado de um número para denúncias, o disque 165.

Desde sua primeira gestão à frente do executivo municipal, no fim da década de 1980 e início dos anos 1990, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, vem ampliando a política de atenção à pessoa idosa, com a criação da Fundação Doutor Thomas, por exemplo, ações que tiveram reforço desde 2013. Para ele, não se pode admitir que os idosos sejam maltratados, principalmente em um momento que eles mais devem ser acolhidos e protegidos, durante a pandemia.

“Essa é a hora de informar e incentivar, por meio das diversas mídias, sobre as formas de prevenção a crimes contra terceira idade. Estamos enfrentando duas grandes batalhas e, infelizmente, a violência contra esse público cresceu. Nosso apelo é por respeito para garantir a eles um envelhecimento tranquilo, com dignidade, sem temor, opressão ou tristeza. É nosso dever respeitá-los e protegê-los e lutaremos para garantir esses direitos a quem tanto nos ensina”, afirmou Arthur.

Quando ao crescimento do número de violência contra a terceira idade, o prefeito de Manaus se referia aos dados da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Idoso (DECCI), que aponta, entre os meses de janeiro a maio deste ano, um total de 470 denúncias realizadas via disque denúncia e mais 590 boletins de ocorrências. Para se ter um parâmetro, durante todo o ano de 2019, foram 616 queixas.

Foto: Mário Oliveira / Semcom

“O Fundo Manaus Solidária abraça essa causa, do combate à violência contra as pessoas da terceira idade, proporcionando ações que fazem parte de uma política de valorização intensificada na gestão do prefeito Arthur Neto, na promoção de qualidade de vida para eles. Todos, se nos cuidarmos, chegaremos a essa idade, e não há maneira melhor de nos preparamos para ela, que cuidando e nos inspirando neles”, disse a presidente do Fundo, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Conscientização

O aposentado J.V de 85, residente da Fundação de Apoio ao Idoso Dr. Thomas há cinco anos, conta que não sabia que seus direitos estavam sendo violados. “Na época, não me davam remédios, me deixavam muito tempo sozinho, não cuidavam de mim e usavam minha aposentadoria. Foi quando um vizinho denunciou e eu passei a morar na Fundação Doutor Thomas, um lugar que sou muito grato e onde aprendi sobre violência contra a pessoa idosa e nunca mais vou permitir que isso aconteça”, declarou.

Segundo a delegada titular da DECCI, Andréa Nascimento, é sempre muito importante observar e escutar a vítima para identificar o tipo de agressão. “Esses abusos podem afetar a vida dos idosos com mudanças de personalidade e comportamento, que podem apresentar sinais como demência, tristeza e depressão” disse, acrescentando que, atualmente, por conta do isolamento social, houve um aumento muito grande dos casos de violência contra idosos em Manaus. “Isso mostra que quando se intensificam as relações familiares, também intensifica o que já era praticado dentro de casa e assim as denúncias começam a aparecer”, lamentou a delegada.

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como objetivo conscientizar e ampliar o conhecimento da sociedade sobre o envelhecimento. Segundo a diretora-presidente da FDT, tal política é adotada pelo município com rigor, no entanto, cabe às famílias fazerem o papel maior de acolhida.

“Devido ao aumento no número de violência nesse período de isolamento social, a Prefeitura de Manaus intensificou as medidas de prevenção para o público da terceira idade. Tudo está sendo feito na medida do possível, mas a prioridade agora é proteger os idosos para que logo possamos passar por tudo isso e voltar à normalidade”, disse a diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho.

Denúncias

A Prefeitura de Manaus tem um canal exclusivo para denúncias, o Disque Idoso – 165, coordenado pela Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT). O serviço recebe denúncias de maus-tratos de idosos e pedidos de informações sobre questões de envelhecimento. As solicitações são recebidas pela equipe do Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso (PADI), da FDT, formada por uma equipe multidisciplinar de profissionais das áreas de Serviço Social, Psicologia, Nutrição, Fisioterapia, Enfermagem e Direito.

Em casos de violência, as denúncias também podem ser efetuadas pelo Disque 100, que funciona 24 horas recolhendo denúncias, 181 da Secretária de Segurança Pública (SSP), ou 190 da Polícia Militar do Amazonas. Além desses canais, as denúncias podem ser feitas por qualquer outro órgão, sendo um serviço gratuito e a identidade de quem denuncia é preservada.

Tipos de violência

Física – Uso da força física para obrigar os idosos a fazer o que não desejam. Pode ferir, provocar dor, incapacidade ou morte.

Psicológica – Agressões verbais ou gestuais para aterrorizar, humilhar, restringir a liberdade ou isolar do convívio social.

Sexual – Ato ou jogo sexual para obter excitação, relação sexual ou práticas eróticas por meio de aliciamento, violência física ou ameaças.

Abandono – Ausência ou deserção dos responsáveis governamentais, institucionais ou familiares de prestarem socorro a uma pessoa idosa que necessita de proteção e assistência.

Negligência – Recusa a omissão de cuidados devidos e necessários aos idosos por parte dos responsáveis familiares ou institucionais.

Violência financeira ou econômica – Exploração imprópria ou ilegal, ou ao uso não consentido pela pessoa idosa de seus recursos financeiros e patrimoniais.

Autonegligência – Quando a pessoa idosa ameaça a sua própria saúde pela recusa de prover cuidados necessários a si mesmo.

Medicamentosa – Administração por familiares, cuidadores e profissionais dos medicamentos prescritos, de forma indevida, aumentando, diminuindo ou excluindo a medicação.

— — —

Texto – Fundação Doutor Thomas

Fotos – Mário Oliveira / Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmNPdo8v

Assessoria de Comunicação da Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas – (92) 98842-2990

— — —

Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom)

(92) 3625-6921 / 3625-6844

Prefeitura de Manaus

Fundação Doutor Thomas se torna referência no tratamento do novo coronavírus em idosos institucionalizados

segunda-feira, junho 1st, 2020

Foto: Marcio James

A identificação precoce dos casos de Covid-19 e o tratamento imediato aos pacientes garantiram que 47 idosos da Fundação Dr. Thomas (FDT), mantida pela Prefeitura de Manaus, fossem curados da doença. O resultado exitoso da recuperação se deve aos protocolos médicos utilizados na instituição, os mesmos implantados pelo Grupo Samel no hospital de campanha do município Gilberto Novaes, na zona Norte.

“O uso da cápsula Vanessa, de respiração não invasiva, que foi desenvolvida pelo grupo Samel em parceria com o instituto Transire, aliado ao comprometimento da equipe médica da Fundação, foi responsável por salvar muitas vidas e das pessoas consideradas mais propensas ao agravamento da Covid-19. Essa para mim é a grande prova da eficácia do método e da escolha correta que estamos adotando no tratamento da doença na capital. Reforço o meu agradecimento a todos os parceiros do hospital de campanha municipal, sem dúvida, uma iniciativa para salvar vidas”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Nesta segunda-feira, 1º/6, após zerar o número de casos do novo coronavírus, os idosos da FDT receberam a visita do coordenador do hospital de campanha da prefeitura e diretor do grupo Samel, Ricardo Nicolau. “A estratégia montada pelo grupo Samel, em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da FDT e da Semsa [Secretaria Municipal de Saúde] foi muito positiva, justamente por ter sido adotada na hora certa, garantindo um tratamento precoce e o controle da saúde como um todo. Enquanto estatísticas mundiais indicavam que poderíamos ter algo muito grave aqui, nós agimos e revertemos a situação. Fico muito feliz por poder ter participado de um projeto como esse”, destacou Nicolau.

Foto: Marcio James

Atualmente 115 idosos residem na fundação e, de acordo com a diretora-presidente da instituição, Martha Moutinho, a implantação de três enfermarias dentro da FDT, seguindo os protocolos do hospital de campanha, garantiu o êxito no tratamento dos idosos, tendo em vista suas vulnerabilidades.

“A FDT não é uma unidade de saúde e a parceria com o grupo Samel foi fundamental. No primeiro indício dentro da casa, nós já montamos um plano de ação e chegamos à conclusão que o ideal seria uma estrutura similar à do hospital de campanha dentro da fundação, por conta da vulnerabilidade dos nossos pacientes. Além da utilização da cápsula Vanessa, contamos com o apoio dos médicos, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, enfermeiros que garantiram um tratamento personalizado para nossos idosos. Logo no início todos realizaram exames e esse foi o diferencial, o tratamento precoce”, comentou a diretora.

As enfermarias montadas exclusivamente para pacientes com Covid-19 já foram desativadas, e apenas uma semi-intensiva ficará em stand by para eventuais novos casos. O espaço de internação conta com dez leitos.

Gratidão

Morando na fundação há 26 anos, Salete Machado, 83, testou positivo para a Covid-19 e ficou internada na enfermaria por dez dias. “Eu tive febre, perdi o paladar, me senti muito fraca. Fui para a enfermaria, fui medicada e muito bem atendida. Não faltavam médicos para nos dar atenção. Estar recuperada é maravilhoso. Queria muito voltar para o meu quarto, arrumar minhas coisinhas, graças a Deus me deram alta e vim cheia de alegria. Agradeço muito a Deus e aos médicos por isso”, comemorou.

Desde o surgimento dos primeiros casos do novo coronavírus no Brasil, a Prefeitura de Manaus colocou em prática um plano de contingência na FDT, baseado em recomendações das autoridades sanitárias e do Ministério da Saúde, além de criar um Comitê de Crise da Covid-19 na instituição.

— — —

Texto – Mônica Figueiredo / HCM

Foto – Márcio James / Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmNzCV2e

Com 105 anos, interna da Fundação Doutor Thomas é a pessoa mais velha do Brasil a vencer a Covid-19

sexta-feira, maio 29th, 2020

Foto: Nathalie Brasil / SEMCOM

A pessoa mais idosa do Brasil a ser curada da Covid-19, Arminda Santos, de 105 anos, teve alta nesta sexta-feira, 29/5, da enfermaria da Fundação Doutor Thomas, da Prefeitura de Manaus. Mais 14 idosos venceram também a doença e foram liberados pela equipe médica, zerando o número de internados na instituição.

Ao som de muita música e emoção da equipe médica e funcionários, os 15 pacientes foram transferidos da enfermaria montada nas dependências da fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, na zona Norte. Eles retornaram para os pavilhões e os seus quartos individuais.

“Fiquei muito feliz ao saber que não temos mais idosos com a Covid-19 na Fundação Doutor Thomas. Mais feliz, ainda, por uma dessas altas ser de uma senhora de 105 anos, uma guerreira. Nós sempre lutamos pela vida, não importa a idade, não importa a etnia, fazemos isso todos os dias no hospital de campanha Gilberto Novaes e assim fizemos com nossos idosos da fundação”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Foto: Nathalie Brasil / SEMCOM

Arminda Santos comemorou seu aniversário de 105 anos durante a internação, no último dia 12 de maio, onde ficou por 30 dias e, disse que recebeu o seu presente com a notícia da alta. Ela reside na casa há 34 anos e é conhecida por todos como a idosa mais falante e alegre. Ela ganhou uma festa de aniversário dos funcionários da casa com direito a bolo e muita alegria.

“A recuperação dela foi uma surpresa para a equipe médica, uma idosa de 105 anos, hipertensa, diabética – o que acarretou a perda total da visão – ficou por 30 dias internada, ficou grave. Mas com todo suporte da ventilação não invasiva, todos os medicamentos adequados, considerando a função renal dela e a idade, ela venceu a Covid-19. A alta dessa paciente mostra que estamos no caminho certo, que com dedicação e muito amor vamos salvar o maior número de vidas possíveis ”, disse a médica da FDT, Simone Henriques.

“Foram dois meses de uma luta intensa. Hoje, o meu sentimento é de muita alegria e esperança em dias melhores. O caso da dona Arminda, que se torna a pessoa mais idosa a vencer a Covid 19 no Brasil, é motivo de muito orgulho para a Fundação Doutor Thomas. Estou imensamente feliz e grata. Uma vitória de todos e não posso deixar de agradecer à equipe do núcleo de saúde que está na linha de frente. Eles têm sido verdadeiros guerreiros na recuperação dos casos”, salientou a diretora-presidente da fundação, Martha Moutinho.

Alta

 

Os pacientes estavam internados há 30 dias na enfermaria de sintomas moderados e, agora, têm a sorologia negativa para o novo coronavírus e o IGG positivo, ou seja, estão imunizados. Dos 15 idosos que receberam alta, seis são do sexo feminino, e nove do sexo masculino, com idade entre 62 anos e 105 anos.

Foto: Nathalie Brasil / SEMCOM

“Hoje é um dia histórico, a gente está desativando duas das nossas enfermarias da Covid, vai ficar apenas uma de stand by, mas nesse momento não estamos com nenhum idoso dentro da FDT com Covid positivo. Nós estamos dando altas com o coração muito grato a Deus e a todos que trabalham na casa. Nós continuamos vivendo um dia de cada vez, firmes na luta com o esforço de toda a equipe que está muito comprometida e com esperança de vencer essa guerra”, explicou a responsável técnica da equipe de saúde da FDT, a médica geriatra Simone Henriques.

Entre os recuperados, a residente Magda Reis, 70, que mora há 7 anos na FDT, saiu, desses 30 dias internada, emocionada. “Eu agradeço muito a todos os médicos que cuidaram de mim, primeiramente a Deus, sem Ele nada seria possível, e a todos meus amigos da casa. Agora quero voltar a minha rotina. Gosto muito de passar meu batom, ficar arrumada, participar das atividades da psicologia’’, disse.

 

Estrutura

Desde o surgimento dos primeiros casos do novo coronavírus no Brasil, a Prefeitura de Manaus colocou em prática um plano de contingência na Fundação Doutor Thomas, baseado em recomendações da autoridade sanitária e do Ministério da Saúde, além de criar um Comitê de Crise da Covid-19.

Várias medidas foram adotadas, somando com as que já vinham sendo praticadas pelos servidores da instituição, como a instalação de duas tendas para funcionar como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais não transitem por dentro da instituição; as dependências da FDT estão em isolamento e as equipes de assistência social e psicologia estão atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; as refeições, que já são ricas em nutrientes que ajudam a melhorar a imunidade, estão sendo feitas em material descartável, nos quartos, para evitar aglomerações.

Texto – Fábia Lima / FDT

Fotos – Nathalie Brasil / Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmNw8Azf

Prefeitura comemora alta de seis idosos da Fundação Doutor Thomas curados da Covid-19

sexta-feira, maio 22nd, 2020

Foto: Natalie Brasil / SEMCOM

Seis idosos institucionalizados da Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT), que testaram positivo para a Covid-19 e estavam sendo atendidos por uma equipe multidisciplinar da Prefeitura de Manaus, receberam alta médica na tarde desta sexta-feira, 22/5. Dezenoves pacientes ainda continuam sendo atendidos pela equipe do núcleo de saúde da própria instituição nas enfermarias.

“Graças ao empenho dos profissionais de saúde e de toda a Fundação Doutor Thomas o tratamento oferecido aos idosos tem mostrado excelente resultados. Estamos bastante esperançosos no procedimento adotado e que tem resguardado muitas vidas. O prefeito Arthur Virgílio Neto não tem medido esforços para combater a pandemia na nossa cidade”, disse a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, que também foi escolhida como madrinha da instituição.

Com palmas e muita emoção da equipe médica e com o sentimento de vitória, os seis foram transferidos da enfermaria de sintomas moderados, montada nas dependências da fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, na zona Norte, para os pavilhões com os seus quartos individuais.

A responsável técnica da equipe de saúde da FDT, a médica Simone Henriques, destacou que os seis pacientes estavam internados há 30 dias na enfermaria de sintomas moderados, e agora têm a sorologia negativa para o novo coronavírus e o IGG positivo, ou seja, estão imunizados. Dos seis idosos que receberam alta, cinco são do sexo masculino, com idades de 68 anos, 90 anos, 73 anos, 72 anos e 74 anos e uma do sexo feminino com 86 anos.

Foto: Natalie Brasil / Semcom

“Estamos obtendo respostas terapêuticas dos pacientes, eles têm apresentado respostas positivas, e daqui para frente a equipe médica espera reduzir o número de casos com as práticas reforçadas de isolamento, além de dar alta aos idosos que já estão sem sintomas. Nós continuamos vivendo um dia de cada vez, firmes na luta com o esforço de toda a equipe, todos os profissionais estão muito comprometidos e com esperança de vencer essa guerra”, explicou a médica.

 

Esperança

Torcedora fiel do Clube de Regatas do Flamengo e muito querida por todos na FDT, Euridice Maria, 86, residente da instituição há 10 anos, se emocionou ao contar sobre os 30 dias que ficou internada na enfermaria de Covid-19.

“Algumas noites eu fiquei muito triste, tentava entender tudo o que estava acontecendo, sempre que a equipe médica chegava, eu já perguntava logo quando tudo isso iria acabar. Graças a Deus estou curada, muito feliz por ter vencido. Agora vou rezar para tudo isso acabar logo e poder assistir ao meu time do coração jogar”, disse.

Já o residente Ronilson Feitosa, 73, que mora há 8 anos na FDT, saiu desses 30 dias internado com o sentimento de gratidão. Ele contou que os “anjos de branco“ o salvaram.

“Eu agradeço muito a todos que cuidaram de mim, agradeço primeiramente a Deus, sem ele nada seria possível e, aos ‘anjos de branco’, como eu os chamo carinhosamente, todos os cuidadores, técnicos, enfermeiros e médicos, que estiveram lutando comigo. Agora quero voltar a minha rotina. Gosto muito de estudar com o professor Joel Abreu, aqui da instituição. Estou contando os dias, para a volta às aulas’’, enfatizou.

Estrutura

Desde o surgimento dos primeiros casos do novo coronavírus no Brasil, a Fundação de Apoio ao Idoso Dr. Thomas colocou em prática um plano de contingência, baseado em recomendações da autoridade sanitária e do Ministério da Saúde, além de criar um comitê de Crise da Covid-19. Várias medidas foram adotadas, afora as que já vinham sendo praticadas pelos servidores da instituição, como a instalação de duas tendas para funcionar como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; as dependências da FDT estão em isolamento e as equipes de assistência social e psicologia estão atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; as refeições, que já são ricas em nutrientes que ajudam a melhorar a imunidade, estão sendo feitas em material descartável, nos quartos, para evitar aglomerações.

De acordo com a diretora-presidente da fundação, Martha Moutinho, cada alta médica, é uma alegria para todos os funcionários e idosos que estão enfrentando esse momento. “Nosso sentimento agora é de esperança, cada vida salva é uma chuva de amor e esperança que cai sobre essa Instituição de Longa Permanência para Idoso abençoada. Estamos todos vibrando positividade, equipe alinhada e buscando sair desse momento, salvando vidas. Não posso deixar de agradecer à equipe do núcleo de saúde que está na linha de frente. Eles têm sido verdadeiros guerreiros na recuperação dos casos”, salientou.

— — —

Fotos – Nathalie Brasil / Semcom

Boletim médico de internos da FDT é divulgado

segunda-feira, maio 18th, 2020

Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT), divulgou, na manhã desta quarta-feira, 13/5, um boletim médico sobre o quadro clínico dos internos que testaram positivo para a Covid-19. O total de 28 pacientes está sendo atendido pela equipe do núcleo de saúde da própria instituição. Uma unidade semi-intensiva para tratamento da doença, causada pelo novo coronavírus, foi montada nas dependências da fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital municipal de campanha Gilberto Novaes, na zona Norte.

A equipe de saúde da FDT está monitorando três idosos na enfermaria semi-intensiva, destinada a pacientes com sintomas graves. Nas outras duas enfermarias de isolamento, sendo uma para pacientes com sintomas moderados, 14 idosos estão abrigados, enquanto na de pacientes com sintomas leves ou assintomáticos que testaram positivo, 11 idosos se encontram nela. Cinco óbitos foram registrados na instituição, causados pela Covid-19. As vítimas eram idosos e já possuíam comorbidades.

 

Alta médica

Três idosos, um do sexo masculino, com 70 anos, e duas do sexo feminino com 82 e 86 anos, receberam alta na terça-feira, 12, estão curados, sem sintomas e imunizados, mas ainda assim continuam isolados em seus pavilhões, sem acesso às áreas comuns, monitorados pelos técnicos de enfermagem e recebendo visitas médicas duas vezes ao dia.

“Todo o tratamento do paciente foi realizado segundo o protocolo de atendimento da instituição, que é baseado nas recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, e o protocolo terapêutico, que é baseado nas instituições de referência médica como o Hospital das Clínicas de São Paulo”, ressaltou a responsável técnica da equipe de saúde da FDT, a médica Simone Henriques. 

“Estamos muito felizes e esperançosos com os resultados dos tratamentos, dos cuidados e da abordagem de isolamento na Fundação Doutor Thomas. Conseguimos, por meio dos esforços de toda a equipe, manter os pacientes bem assistidos, sendo tratados com as medicações adequadas, segundo o protocolo de hospitais de referência no Brasil e no mundo e estamos obtendo bons resultados. Além disso, estamos conseguindo evitar novos casos com os cuidados de isolamento nos pavilhões. Nesta semana, três pacientes receberam alta e estamos com 11 pacientes assintomáticos, que estão no isolamento por segurança, para evitar que haja contaminação aos demais e, em breve, receberão alta também. Todos os resultados positivos nos estimulam a lutar por esses idosos”, informou, Simone.

 

Interação

A equipe de serviço social permanece todos os dias em contato com familiares, via telefone, tranquilizando sobre a situação dos idosos que estão na instituição. Além do suporte, os profissionais de serviço social e psicologia deram início às visitas virtuais para idoso e familiar, que ajudam na questão emocional e, consequentemente, no tratamento da doença.

Os idosos que testaram negativo permanecem em isolamento, e estão recebendo atividades físicas e psicológicas nos pavilhões, seguindo todas as recomendações dos órgãos fiscalizadores.

 

Estrutura

Desde o surgimento dos primeiros casos do novo Coronavírus no Brasil, a Fundação de Apoio ao Idoso Dr. Thomas colocou em prática um plano de contingência, baseado em recomendações da autoridade sanitária e do Ministério da Saúde, e foi criado um comitê de Crise da Covid-19. Várias medidas foram adotadas, além das que já vinham sendo praticadas pelos servidores da instituição, como a instalação de duas tendas para funcionar como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; as dependências da FDT estão em isolamento e as equipes de assistência social e psicologia estão atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; as refeições, que já são ricas em nutrientes que ajudam a melhorar a imunidade, estão sendo feitas em material descartável, nos quartos, para evitar aglomerações.

A diretora-presidente da fundação, Martha Moutinho, agradeceu à equipe de saúde que está na linha de frente. “Estou muito grata à equipe do núcleo de saúde, que vem fazendo de tudo para salvar vidas. Eles têm sido verdadeiros guerreiros na recuperação dos casos. A cada alta médica, meu coração se enche de esperança e força, na certeza que vamos superar e continuar cuidando da saúde dos idosos residentes”, disse.

— — — –

Texto – Divulgação / FDT

— — —

Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom)

(92) 3625-6921 / 3625-6844

Prefeitura de Manaus

FDT divulga boletim médico de tratamento de internos contra a Covid-19

terça-feira, maio 5th, 2020

Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT), divulgou, na manhã desta terça-feira, 5/5, um boletim médico sobre o quadro clínico dos internos que testaram positivo para Covid-19. Vinte e três pacientes estão sendo atendidos pela equipe do núcleo de saúde da própria instituição. Uma unidade semi-intensiva para tratamento da doença, causada pelo novo coronavírus, foi montada nas dependências da fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital municipal de campanha Gilberto Novaes, na zona Norte.

A equipe de saúde da FDT está monitorando três idosos na enfermaria semi-intensiva, destinada a pacientes com sintomas graves. Nas outras duas enfermarias de isolamento, sendo uma para pacientes com sintomas moderados, 12 idosos estão abrigados, enquanto na de pacientes com sintomas leves ou assintomáticos que testaram positivo, oito idosos se encontram nela. Cinco óbitos foram registrados na instituição, causados pela Covid-19. As vítimas eram idosos e já possuíam comorbidades.

Os quatro idosos que receberam alta no dia 21/4, estão curados, sem sintomas e imunizados, mas ainda assim continuam isolados em seus pavilhões, sem acesso às áreas comuns, monitorados pelos técnicos de enfermagem e recebendo visitas médicas duas vezes ao dia.

“Estamos obtendo respostas terapêuticas dos pacientes, eles têm apresentado respostas positivas, e daqui para frente a equipe médica espera reduzir o número de casos com as práticas reforçadas de isolamento, além de dar alta aos idosos que já estão sem sintomas. Nós continuamos vivendo um dia de cada vez, firmes na luta com o esforço de toda a equipe, todos os profissionais estão muito comprometidos e com esperança de vencer essa guerra”, declarou a responsável técnica da equipe de saúde da FDT, Simone Henriques.

Interação

A equipe de serviço social está em contato com familiares, via telefone, tranquilizando sobre a situação dos idosos que estão na instituição. Além do suporte, os profissionais de serviço social e psicologia deram início às visitas virtuais para idoso e familiar, que ajudam na questão emocional e, consequentemente, no tratamento da doença.

Foto: Divulgação FDT

“Agradeço a todos que participaram do projeto #JuntoseConectados, enviando o seu vídeo e sua mensagem de carinho aos idosos residentes. Recebemos mais de cem vídeos, que estão sendo exibidos aos poucos, cumprindo as normas de segurança. Essa mensagem chegou para mostrar que não estamos sozinhos nessa luta”, agradece a assistente social e coordenadora do projeto, Michele Falcão.

“Adorei o projeto #JuntoseConecatados, achei muito bonito, recebemos gente cantando, tocando instrumentos e, muita oração. Não está sendo fácil esse momento, mas estamos tendo apoio dos funcionários, em alguns momentos ficamos tristes, outros nos alegramos, mas faz parte dessa pandemia, temos que respeitar as recomendações, porque sabemos que é tudo para o nosso bem”, disse Amazonina Chaves, 90, residente da FDT.

Os idosos que testaram negativo permanecem em isolamento, e estão recebendo atividades físicas e psicológicas nos pavilhões, seguindo todas as recomendações dos órgãos fiscalizadores.

Apesar de prejudicial a todos, a falta de contato social pode ser de gravidade, ainda maior, quando se trata daqueles com idade mais avançada, os quais têm menos familiaridade com recursos de interação virtual e, muitas vezes, uma saúde debilitada, que requer monitoramento, de modo a dificultar a obediência às recomendações médicas de isolamento.

“A psicologia está trabalhando, fazendo diariamente as escutas e intervenções necessárias, além de mediar os conflitos internos dentro dos pavilhões. Adotamos práticas com estimulação cognitiva, como arte terapia, atividades de memória e concentração, de acordo com a necessidade de cada idoso. E, estamos trabalhando de forma preventiva, tranquilizando e informando os idosos sobre a Covid-19”, informou Adriano Lago, psicólogo da fundação.

Prevenção

Novas medidas foram adotadas, além das que já vinham sendo praticadas pelos servidores da instituição, como a instalação de duas tendas para funcionar como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; as dependências da FDT estão em isolamento e as equipes de assistência social e psicologia estão atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; as refeições, que já são ricas em nutrientes que ajudam a melhorar a imunidade, estão sendo feitas em material descartável, nos quartos, para evitar aglomerações.

Para a diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas, Martha Moutinho, o momento é desafiador. “Os idosos institucionalizados estão em situação de maior vulnerabilidade porque são frágeis, com doenças em estágios avançados. E nossa atenção nesse momento é totalmente para cuidar deles. É necessário sempre focar na proteção integral da pessoa idosa. Mais ainda com essa situação extraordinária e desconfortável em que o mundo vive. Estamos adotando todas as recomendações da comissão especial para a Covid-19, da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, para a prevenção e o controle de infecções, com planos de ação e de vigilância adaptados às características de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos”, observou.

— — —

Texto – Fábia Lima / FDT

Fotos – Divulgação FDT

Fundação Doutor Thomas divulga quadro clínico de idosos em tratamento da Covid-19

domingo, abril 26th, 2020

A Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT) divulgou na noite de sábado, 25/4, o quadro clínico dos internos que testaram positivo para Covid-19. Dezesseis pacientes estão sendo atendidos pela equipe do núcleo de saúde da própria instituição, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Uma unidade semi-intensiva para tratamento da doença, causada pelo novo coronavírus, foi montada nas dependências da Fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital municipal de campanha Gilberto Novaes, na zona Norte.

Atualmente, a equipe de saúde da FDT está monitorando quatro idosos na enfermaria semi-intensiva, destinada a pacientes com sintomas graves. Há ainda mais duas enfermarias de isolamento, uma para pacientes com sintomas moderados, que no momento abriga sete idosos, e outra para pacientes com sintomas leves ou assintomáticos que testaram positivo, nessa há cinco idosos. Infelizmente, cinco óbitos foram registrados na instituição pela Covid-19, todos idosos de média e alta dependência que já possuíam doenças avançadas de base.

Os três idosos que receberam alta na última terça-feira, 21, estão curados, sem sintomas e imunizados, mas ainda assim continuam isolados em seus pavilhões, sem acesso às áreas comuns, monitorados pelos técnicos de enfermagem e recebendo visitas médicas duas vezes ao dia.

A unidade semi-intensiva da Fundação Doutor Thomas está utilizando o chamado “método Vanessa”, desenvolvido pela Samel e que vem apresentado excelentes resultados aos pacientes. Entre as demais medidas adotadas pela instituição, a partir da confirmação dos primeiros casos de Covid-19 em institucionalizados, foi realizado coleta de sangue, através do laboratório FAL (Farmacêuticos Associados Ltda.) em todos os idosos da instituição, nesse primeiro resultado, 6 testaram positivos.

“Estamos diante de uma guerra contra um inimigo invisível e pouco conhecido. Sabemos da que maior taxa de mortalidade é nos idosos no mundo inteiro, porém estamos lutando para dar o melhor tratamento e cuidado aos infectados, assim como estamos monitorando os idosos isolados que estão assintomáticos. Não temos como saber a extensão do número de idosos que irão desenvolver a doença, mas estamos esperançosos de conseguir diminuir o impacto com os cuidados intensivos que estamos dando. A boa notícia é que pela testagem que fizemos no dia 21, de 100% dos pacientes, 34 idosos já estão imunizados. Estamos firmes na luta e vivendo um dia de cada vez, mas com muita fé”, declarou a coordenadora da equipe de saúde da FDT, Simone Henriques.

Vídeo chamadas

A equipe de serviço social está em contato com familiares, via telefone, tranquilizando sobre a situação dos idosos que estão na instituição. Os profissionais de serviço social e psicologia estão no suporte aos familiares e começaram a realizar visitas virtuais para idoso e familiar, que ajudam na questão emocional e, consequentemente, no tratamento da doença.

Os idosos que testaram negativo, permanecem em isolamento, e estão recebendo atividades físicas nos pavilhões, seguindo todas as recomendações dos órgãos fiscalizadores. “Manter-se ativo é muito importante e ajuda no fortalecimento da imunidade, ainda mais para o grupo de risco”, explicou a gerente de atividades físicas do Parque Municipal do Idoso (PMI), Ana Beatrice.

“Não estamos fazendo os passeios, mas estamos nos exercitando e tendo acompanhamento médico e suporte”, disse a idosa Maria do Carmo, 87, reforçando que o isolamento social é muito importante nesse período de pandemia.

Novas medidas foram adotadas, além das que já vinham sendo praticadas pelos servidores da fundação, como a instalação de duas tendas para funcionarem como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; dependências da FDT estão em isolamento e a equipe de assistência social e psicologia está atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; as refeições que já são ricas em nutrientes, que ajudam a melhorar a imunidade, estão sendo feitas em material descartável, nos quartos para evitar aglomerações.

Texto – Divulgação / FDT

Fotos – Divulgação / FDT

Quatro pacientes da Fundação Doutor Thomas recebem alta médica nesta terça-feira, 21/4

terça-feira, abril 21st, 2020

Foto: Ione Moreno/Semcom

Uma cena emocionante. Quatro idosos institucionalizados da Fundação Municipal de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT), que testaram positivo para a Covid-19 e estavam sendo atendidos por uma equipe multidisciplinar da Prefeitura de Manaus, receberam alta médica na tarde desta terça-feira, 21/4. Ao som de muitos aplausos da equipe médica e com sorriso nos rostos, eles foram transferidos da unidade de tratamento semi-intensivo, montada nas dependências da Fundação pelo grupo Samel, para os pavilhões de alojamentos.

“É realmente algo que nos toca, nos dá esperança”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto ao receber a notícia, ao lado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro. “A Fundação Doutor Thomas tem sido referência em geriatria e cuidados humanizados com a terceira idade. É um momento difícil que todos estamos passando, mas notícias como essa renovam nossa vontade de fazer ainda mais”, completou o prefeito.

Desde que houve a confirmação dos primeiros casos do novo coronavírus na Instituição de Longa Permanência (ILP), a Doutor Thomas reforçou as medidas de prevenção e controle da doença, como a  instalação de duas tendas para funcionarem como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; o refeitório e as dependências da FDT estão em isolamento e a equipe de assistência social e psicologia está atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está disponibilizando profissionais de fisioterapia, técnicos de enfermagem e médicos para ajudar no atendimento dos idosos.

“O coronavírus tem causado medo, angústia, e ver quatro pacientes idosos recebendo alta é um sinal de esperança gigantesco. Sentimento de que nem tudo está perdido e que é possível vencer a doença e continuar a vida”, comemorou a diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho.

A médica Simone Henriques, que coordena a equipe de saúde da instituição, destacou que os quatro pacientes têm a sorologia negativa para o coronavírus e o IGG positivo, ou seja, estão imunizados. “É uma alegria muito grande diante do cenário desses pacientes, do quanto eles são vulneráveis, mas estamos na luta, no esforço diário, um dia de cada vez e com muita”, disse a especialista.

Ainda segundo Simone, a equipe de serviço social da FDT está em contato com familiares, via telefone, tranquilizando sobre a situação dos idosos que seguem em tratamento na instituição. “Os profissionais de serviço social e psicologia estão no suporte aos familiares e, no momento, estamos elaborando um plano estratégico de visitas virtuais para idoso e familiar”, informou a médica.

Uma enfermaria intermediária também foi criada para acomodação de idosos que apresentaram sintomas, mas ainda estão esperando o resultado do teste. Nesse espaço, encontram-se dois idosos, uma do sexo feminino e um do sexo masculino, ambos apresentam problemas respiratórios e já são monitorados pela equipe médica. A Fundação aguarda o resultado dos novos exames realizados para comunicar os parentes. “Caso não sejam atestados positivos, iremos contatar o familiar que possui condições de assistir o idoso em sua residência durante o período de pandemia”, explicou Simone.

— — —

Texto – Divulgação/FDT

Fotos – Ione Moreno/Semcom

Informe médico da Fundação Doutor Thomas

terça-feira, abril 21st, 2020

A Fundação de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT) divulgou na manhã desta terça-feira, 21/4, o quadro clínico dos internos da instituição que testaram positivo para Covid-19. Seis pacientes estão sendo atendidos pela equipe do núcleo de saúde da própria instituição, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e médicos voluntários. Uma unidade semi-intensiva para tratamento da doença, causada pelo novo coronavírus, foi montada nas dependências da Fundação pelo grupo Samel, o mesmo responsável pela administração do hospital municipal de campanha Gilberto Novaes, na zona Norte.

Dos seis pacientes do sexo masculino em isolamento na enfermaria de Covid-19, um idoso está em estado grave, respirando com ajuda de aparelho. Outros cinco pacientes, com idade entre 67 e 87 anos, encontram-se sem queixas de dor ou falta de ar e continuam sendo monitorados pela equipe. Dois óbitos foram registrados na instituição, dois idosos do sexo masculino que já possuíam síndrome demencial e doenças avançadas de base, um de 87 anos e um de 83 anos. Uma enfermaria intermediária também foi criada para acomodação de idosos que apresentaram sintomas, mas ainda estão esperando o resultado do teste. Nesse espaço, encontram-se dois idosos, uma do sexo feminino e um do sexo masculino, ambos apresentam problemas respiratórios e já são monitorados pela equipe médica.

 

A unidade semi-intensiva da Fundação Doutor Thomas está utilizando o chamado “método Vanessa”, desenvolvido pela Samel e que vem apresentado excelentes resultados aos pacientes. Entre as demais medidas adotadas pela instituição, a partir da confirmação dos primeiros casos de Covid-19 em institucionalizados, está a realização de exame de sangue, que foi coletado dentro da instituição pelo laboratório FAL (Farmacêuticos Associados Ltda.) em todos os idosos residentes.

 

“A equipe de serviço social está em contato com familiares, via telefone, tranquilizando sobre a situação dos idosos que estão na instituição. Os profissionais de serviço social e psicologia estão no suporte aos familiares e, no momento, estamos elaborando um plano estratégico de visitas virtuais para idoso e familiar”, informou a médica Simone Henriques, que é a coordenadora da equipe de saúde da instituição.

 

Ainda segundo Simone, que é especializada em Geriatria e Cuidados Paliativos, a Fundação aguarda o resultado dos novos exames realizados para comunicar os parentes. “Caso não sejam atestados positivos, iremos contatar o familiar que possui condições de assistir o idoso em sua residência durante o período de pandemia”, explicou.

 

Novas medidas foram adotadas, além das que já vinham sendo praticadas pelos servidores da fundação, como a  instalação de duas tendas para funcionarem como vestiário fora da sede da FDT, ao lado da unidade semi-intensiva, para que os profissionais que ficarem fixos no local não transitem por dentro da instituição; o refeitório e as dependências da FDT estão em isolamento e a equipe de assistência social e psicologia está atuando nos corredores, para evitar o trânsito de pessoas; a Semsa está disponibilizando profissionais de fisioterapia, técnicos de enfermagem e médicos para ajudar no atendimento dos idosos.

 

Texto – Divulgação / FDT

Fundação Doutor Thomas contará com unidade de tratamento para Covid-19 em parceria com Grupo Samel

sexta-feira, abril 17th, 2020

Já com atividades de lazer suspensas e a visitação aos idosos institucionalizados na Fundação de Apoio ao Idoso Dr. Thomas restrita, como forma de prevenir esse público mais vulnerável ao contágio do novo coronavírus, a Prefeitura de Manaus informa que o espaço referência entre as instituições de longa permanência do país, contará nos próximos dias com uma ala para tratamento da Covid-19, que será montada pelo Grupo Samel, mesmo que administra o Hospital Municipal de Campanha Gilberto Novaes.

A unidade semi-intensiva da FDT irá utilizar o chamado “método Vanessa”, desenvolvido pela Samel e que tem dado excelente resultados entre os pacientes. Entre as demais medidas adotas pela instituição, a partir da confirmação de três casos de Covid-19 entre institucionalizados, está a realização de exame de tomografia nos idosos que tiveram contato mais próximo com os infectados e o isolamento dos mesmos.

“Nesse período de pandemia todos estamos enfrentando um momento desafiador. As instituições de longa permanência estão se adequando às novas diretrizes e não seria diferente em Manaus. Estou participando de grupos com diretores de ILPIs de todo Brasil, como uma rede de apoio, com informações, pesquisas científicas, estudos de casos. Todas as medidas estão sendo tomadas para preservar os idosos e funcionários”, explica a diretora presidente da Fundação Doutor Thomas, Martha Moutinho.

A Fundação destaca que, antes mesmo da confirmação dos casos, os idosos infectados já estavam isolados em um espaço adequado dentro da enfermaria, seguindo os protocolos da Anvisa e do Ministério da Saúde. Trata-se de três homens, com idade de 80, 83 e 86 anos. A coleta domiciliar foi realizada pelo laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), através da solicitação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O quadro clínico dos idosos é estável, dois tiveram confirmação na quinta-feira, 16/4, e já apresentam melhora no quadro gripal, e o terceiro caso foi confirmado nesta sexta-feira, 17.

Entre as demais medidas que já vinham sendo praticadas pelos servidores da FDT estão: restrição visitas para os idosos residentes; intensificação do monitoramento dos sinais vitais, com aferição da temperatura, duas vezes ao dia, dos idosos e servidores; distribuição de máscaras de pano para os idosos com sintomas gripais; reforço na aquisição de EPI’s para reforçar a segurança da equipe da enfermaria (óculos protetor, protetor fácil, capote impermeável, máscaras N95); redução do fluxo nos pavilhões; maior rigor na higiene das embalagens das compras antes de serem entregues aos idosos, bem como as orientações de higienização das mãos; e está em aquisição novos termômetros digitais e um monitor cardíaco.