27/11/13 | 12:34
FDT completa 104 anos com avanços estruturais e funcionais

 

A Fundação Doutor Thomas (FDT) completou, na manhã desta quarta-feira, 27, 104 anos, que foi comemorado com um almoço especial e música ao vivo ao som do cantor Alexsandro Borges. A diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho Cruz, destacou os avanços da instituição e algumas das metas para 2014.

Cruz destacou que, nesses 104 anos de FDT, a instituição passou por mudanças tanto estruturais, quantos funcionais. “A Fundação começou com o histórico de recolher as pessoas das ruas. Mas, hoje, a realidade da instituição é muito maior. A Fundação, atualmente, é a gestora da Política Municipal do Idoso, possui quatro programas permanentes e tem desenvolvido cada vez mais ações voltadas para a terceira idade. É determinação do prefeito Arthur Neto investir muito mais na política pública do idoso, a fim de garantir  qualidade de vida aos idosos de Manaus”.

Segundo a diretora-presidente da FDT, uma das metas da instituição para 2014 é dobrar o número de núcleos do ‘Programa de Inclusão de Idosos no Lazer e Recreação’ (Proidoso) de seis para 12. “O Proidoso veio para descentralizar as atividades oferecidas gratuitamente no parque e as oferecer nos bairros com profissionais qualificados, materiais e estrutura para a prática de esporte e lazer, é um grande avanço na Política Municipal do Idoso. Este programa facilita a prática de atividades físicas àqueles que têm dificuldade de se locomover até o Parque do Idoso. E quanto mais núcleos houver, uma maior parcela da população idosa será atendida no seu próprio bairro”.

A diretora-presidente também falou sobre a elaboração de um processo seletivo para contratação de cuidadores de idosos para a instituição. “Este ano formamos 450 cuidadores gratuitamente e essa é uma ocupação que tem se destacado, devido ao crescimento da população idosa, não apenas no nosso Estado, mas em todo o País e mundo. Por isso, nossa preocupação é formar profissionais capacitados para atuar no trato diário com o idoso, seja em nossa instituição, ou em casas de família”.

Programas permanentes

A FDT desenvolve quatro programas permanentes: Programa de Longa Permanência, Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso (Padi), Programa Conviver e o ‘Programa de Inclusão de Idosos no Lazer e Recreação’ (Proidoso).

 

  • Programa Longa Permanência – ação permanente que presta assistência, em caráter asilar, à pessoa idosa em risco social, sem vínculo familiar, sem casa/lar, cuja família seja carente de recursos financeiros ou que tenha sido vítima de violência. A FDT é a única instituição de longa permanência para idosos nos três graus de dependência em Manaus e a única pública da Região Norte. Atualmente, a instituição tem 119 idosos residentes. A Fundação oferece aos residentes: alimentação (seis refeições por dia), atendimento e acompanhamento médico, psicológico, fisioterapeuticos e nutricional; acompanhamento social, atividades ocupacionais de recreação, cultura e lazer.

 

  • Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso (Padi) – Caracteriza-se pela realização de visitas às residências, prestando um atendimento inicial e desenvolvendo um trabalho conjunto entre idoso e família, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e evitar a internação. As residências recebem a visita de uma equipe multiprofissional, composta por psicólogo, assistente social, advogado, fisioterapeuta, enfermeiro, nutricionista e médico. O trabalho do PADI tem um caráter socioeducativo, voltado a informar, esclarecer e orientar o idoso e seus familiares sobre o processo de envelhecimento, prevenção e tratamento das doenças mais comuns na terceira idade, convivência familiar e comunitária, direitos dos idosos. As visitas são geradas por solicitações e denúncias recebidas pelo Disque-Idoso 165, e pelos encaminhamentos da Delegacia Especializada de Atenção à Pessoa Idosa, do Ministério Público e das instituições da sociedade civil.

 

  • Programa Conviver – executado nas dependências do Parque Municipal do Idoso (PMI), beneficia mais de 2,5 mil idosos todos os meses com atividades físicas, laborativas, recreativas, culturais, associativas e de educação para a cidadania. Além das 30 atividades oferecidas, o PMI iniciou o ano de 2013 com outras cinco modalidades que foram incorporadas a grade da instituição: o retorno da hidroginástica com piscina climatizada, arterapia, corrida de orientação, oficina de direitos e cidadania, e o projeto ‘Envelhencendo Feliz’. Para se matricular e participar das atividades do PMI é preciso ter a partir de 60 anos e procurar o setor de admissão do parque com o documento original de identidade (RG), comprovante de residência, duas fotos 3×4 e atestado cardiológico indicando o grau de intensidade da atividade a ser realizada (leve, moderada ou alta). Informações: 3584-6274. O ‘Envelhecendo Feliz’ é um projeto voltados para o público a partir de 55 anos, em que os inscritos podem participar, pelo período da tarde (das 13h às 18h), das mais de 30 atividades desenvolvidas pelo PMI. Para se inscrever, o procedimento é o mesmo acima citado.
  • ‘Programa de Inclusão de Idosos no Lazer e Recreação’ (Proidoso) –  tem a capacidade de atender cerca de 600 idosos no total, nos seis núcleos em Manaus, que contam com coordenadores, supervisores formados em Educação Física e agentes de esporte e lazer. O objetivo do Proidoso é descentralizar as atividades gratuitas oferecidas no PMI e levá-las as demais zonas da cidade, a fim de facilitar o acesso da população idosa ao esporte recreativo e lazer.

 

 

Assessoria de Comunicação – FDT

Gisa Prazeres

8842-2990