02/02/11 | 9:10
Fundação Dr. Thomas comemora Dia Nacional do Aposentado

A Fundação Dr. Thomas comemorou no dia 24 de janeiro o Dia Nacional do Aposentado. Dos 110 atualmente residentes na instituição, apenas quatro não recebem benefícios sociais, mas estão em processo de regulamentação dos documentos para terem acesso à Previdência Social.

Os idosos comemoram a data com uma tarde especial no refeitório da instituição, com a animação da bateria da escola de samba Sem Compromisso, sorteio de brindes e realização de jogos.

Segundo a diretora-presidente Martha Cruz, 70% dos idosos que chegam à Fundação não recebem benefícios sociais. A gerência de Serviço Social da casa começa um trabalho de regularização dos documentos, com a parceria do Instituto de Identificação do Amazonas. “Após essa etapa, a instituição inicia o processo para requerer o benefício social”, esclareceu Martha.

No caso dos idosos acima de 65 anos que contribuíram para a Previdência Social, é requerida a aposentadoria. Os idosos que não contribuíram para a Previdência Social recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Os idosos que ainda não completaram 65 anos são inscritos no programa Bolsa Família.

“Fazemos todo o esforço para regularizar a situação de todos os idosos da casa. É um direito de todo cidadão possuir seus documentos de identificação e ter acesso aos benefícios sociais”, destacou Martha.

O aposentado Roberto dos Santos Limeira, de 84 anos, foi um dos idosos que mais comemoraram a data. Ele trabalhou como agricultor no Paraná do Eva, durante quase 60 anos.

“Comecei a trabalhar com 14 anos e só parei depois dos 70 anos porque fiquei doente. Tenho muito orgulho de ter sido agricultor”, disse Roberto. Segundo ele, o benefício da aposentadoria lhe ajuda muito. “Aqui na Fundação tenho tudo. Mas com a aposentadoria posso comprar alguns produtos, passear”, contou o idoso.