Notícias

Idosos do ‘Viver bem na terceira idade’ participam de atividade na Ponta Negra

Aproximadamente 80 idosos do programa “Viver bem na terceira idade”, da Prefeitura de Manaus, participaram, na manhã deste domingo, 29/5, de atividades recreativas no complexo turístico Ponta Negra, na Ponta Negra, zona Oeste. A ação proporcionou um momento de descontração e de socialização para os integrantes dos grupos Vitória Alegre, do Grande Vitória, e Idosos do Coroado, do Coroado, zona Leste; e Idosos Redenção, do bairro Redenção, zona Oeste.

O Viver Bem na Terceira Idade é coordenado pela Fundação Dr. Thomas (FDT), por meio do edital de chamamento público com recursos do Fundo Municipal de Direitos do Idoso (FMDI), e atende no total mais de 900 idosos, em nove grupos localizados em várias zonas da capital amazonense. Conforme o cronograma do projeto, todos os grupos farão atividades na Ponta Negra.

De acordo com o coordenador-geral do programa, Aldévio Praia Júnior, a atividade na Ponta Negra faz parte de um cronograma pensado para proporcionar lazer e cultura, por meio de passeios, aos idosos participantes.

“Dentro desse planejamento tivemos a oportunidade de levar os idosos para conhecer o zoológico do Cigs e o Teatro Amazonas, e agora trouxemos eles para esse nosso cartão-postal incrível, que é a Ponta Negra. A ideia é agregar sempre atividade física à saúde deles. Eles gostaram bastante porque muitos não vinham aqui há muito tempo”, comentou.

O aposentado Raimundo Batista, 63, que faz parte do grupo Vitória Alegre, contou que não pisava no calçadão da Ponta Negra desde a década de 80.

“Moro no Grande Vitória, que fica longe daqui, por isso, nos últimos anos só passei por aqui de ônibus, não desci. Hoje tive essa oportunidade de estar aqui no calçadão com os meus amigos do grupo, fazendo essa atividade maravilhosa. Tudo é muito legal, a gente está voltando ao passado e revivendo a juventude”, pontuou Raimundo, que no grupo é conhecido como “Raimundo Cravo”, já que as mulheres são chamadas de rosas.

Inspiração

Após perder o marido e um filho em 2021, a aposentada Jeselita França, 83, encontrou no grupo Idosos do Coroado uma oportunidade para seguir em frente. “Perdi duas pessoas queridas, entrei para esse projeto para me recuperar e agora não paro, eu gosto de tudo, principalmente das pessoas, que tratam a gente muito bem. Eu não perco os passeios, adorei o teatro e estar aqui na Ponta Negra com os amigos é maravilhoso, muito melhor que ficar em casa”, disse Jeselita, com alegria.

Entre os participantes da atividade, a aposentada Maria José de Carvalho, 99, chama a atenção pela vitalidade. Primeira da fila, ela deu um verdadeiro show e não parou um segundo.

“Só vou parar quando o professor pedir, enquanto isso eu continuo dançando. Tudo aqui é ótimo, dos professores aos colegas de grupo, é muito bom, me sinto feliz”, comentou Maria José, que faz parte do grupo Vitória Alegre.

Núcleos

Os núcleos que fazem parte do projeto são: Vitória Alegre (rua Tocantinópolis, 254, bairro Grande Vitória); Idosos do Coroado (rua Dom Bosco, 230, bairro Coroado); Fonte de Águas Vivas (rua Senador Leitão da Cunha, 98C, bairro São Francisco); Amigos da Cachoeirinha (avenida Carvalho Leal, 1.151, bairro Cachoeirinha); Orquídeas (rua Penetração 3, bairro Japiim); Girassol (rua Padre Francisco, bairro Santo Antônio); Amigos da Melhor Idade (rua Mares do Sol, bairro Gilberto Mestrinho); Anos Dourados (rua A-4, 1.100, Japiim); e Unidos em Cristo (igreja Santa Clara, bairro João Paulo II, zona Norte).

— — —

Texto – Divulgação / FDT

Fotos – Jéssica Serrão / FDT

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjzRYpz

Notícias relacionadas