22/02/11 | 8:59
Parque do Idoso inicia as atividades com festa

Uma festa de confraternização já em clima carnavalesco. Assim foi a Acolhida 2011, evento que marca o início das atividades no Parque Municipal do Idoso, programa da Prefeitura de Manaus executado pela Fundação Dr. Thomas.

A Acolhida, realizada na manhã do dia 21/2, reuniu cerca de mil idosos e contou com a animação do DJ Gatão, do humorista Márcio Braga e do show de Jose e Banda.

A equipe de professores e servidores do Parque organizou uma programação variada para que os usuários pudessem iniciar as atividades. Os idosos participaram de aula de ginástica coletiva para começar a aquecer o corpo.

Mas o que marcou o evento foi a disposição dos idosos e alegria em reencontrar os amigos. Às 7h30 o ginásio do Parque já estava lotado. Os idosos mostraram a vontade de participar, de praticar exercícios físicos e de se divertir. Eles receberam o kit de boas-vindas com folheto informativo sobre as normas do Parque, garrafa para água e toalha.

O Parque do Idoso esteve fechado para as atividades até fevereiro. Durante esse período, foram realizadas obras de reparo e manutenção. O piso do estacionamento foi todo trocado e a piscina coberta passou pela primeira reforma.

“Recebemos vocês hoje com muita alegria, entregando o Parque do Idoso muito mais bonito, com conforto e segurança”, ressaltou a diretora-presidente Martha Cruz. Ela afirmou que a manutenção do Parque foi um trabalho integrado das secretarias municipais. “O objetivo da Prefeitura é oferecer mais saúde e bem-estar para os nossos idosos”, disse Martha.

Segundo a diretora, a novidade este ano será a aula de olimpíada da terceira idade que preparará os idosos para os jogos da Prefeitura de Manaus realizados em setembro.

O Parque manterá as demais 20 modalidades de atividades físicas, laborativas, recreativas e culturais, como hidroginástica, artesanato, canto e coral, hip hop, entre outras, mas apresentará novas opções de horários.

Expectativa

Para a dona de casa Ana Maria Maia, de 62 anos, o retorno às atividades do Parque do Idoso é uma felicidade. “Minha vida mudou aqui. Antes ficava só em casa. Agora danço, me divirto, voltei aos meus 15 anos”, afirma.

A idosa Carmelita Braz, de 78 anos, contou que também sentiu muita falta do Parque durante as férias. “Aqui voltei a ter prazer pela vida, cuido da minha saúde e ainda faço amizades”, disse. Viúva, mãe de oito filhos e com dez netos, Carmelita frequenta o Parque há sete anos. Ela faz aulas de ginástica elaborada e terapêutica, e oficina do comportamento.