20/06/14 | 9:52
Parque do Idoso reúne mais de 500 torcedores no jogo do Brasil

Mais de 500 torcedores, entre frequentadores do Parque Municipal do Idoso (PMI), residentes da Fundação Doutor Thomas, familiares e moradores do bairro Nossa Senhora das Graças, na zona Centro-Sul, coloriram a sede do parque de verde e amarelo para a disputa entre Brasil e México nesta terça-feira, 17. O jogo foi o segundo da seleção brasileira no Mundial.

O evento, que foi batizado de “Idoso na Copa”, disponibilizou telões e barraquinhas com pratos típicos juninos para todos os que acompanharam o segundo jogo da seleção brasileira, que empatou em 0 a 0 com o México.

A aposentada Maria de Lurdes, 63, assistiu ao jogo na companhia da filha, Larissa Caldas, 38. As duas aprovaram a ideia e curtiram a companhia dos demais idosos frequentadores do parque. “Amo futebol. O primeiro jogo eu assisti aqui e me diverti muito. Vou participar de todos os eventos do parque. Com certeza, essa iniciativa merece parabéns. Nós precisávamos de um lugar que nos desse segurança, um ambiente familiar e animação nesse período de agitação que é a Copa do Mundo. Isso demonstra o respeito e a preocupação que os organizadores têm por nós”, afirmou.

O funcionário público Rubens Almeida afirmou estar contente por curtir a Copa do Mundo em sua segunda casa (o parque). “Frequento o local há cinco anos, gosto de estar aqui. Estou achando essa iniciativa maravilhosa. Essas transmissões aqui nos aproximaram ainda mais da Copa”.

Além da transmissão, a programação também contou com o som da banda de forró “Segura Pisada”. A banda mesclou seu repertório com músicas tradicionais da Copa.

Para a diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas, Martha Cruz, os idosos precisam estar sempre integrados à sociedade, em todos os grandes eventos.  “Nossa intenção foi estimular os idosos a saírem de suas casas com seus familiares e a torcerem com a gente, mostrando que o conforto e o ambiente familiar são as nossas prioridades. Nós nos preocupamos em oferecer o diferencial.  Fizemos parceria com algumas empresas para que, além de assistir aos jogos, nossos idosos e os demais visitantes contemplassem as iguarias da região e se sentissem em casa”, disse.

Assessoria de Comunicação da Fundação Doutor Thomas – Fábia Lima 8842-2990