30/08/12 | 9:48
Proidoso vai levar lazer e recreação para seis bairros de Manaus

No dia mundial de combate à violência contra o idoso (15/6), a Fundação Dr. Thomas anuncia mais um projeto de promoção de qualidade de vida para a terceira idade.

A partir de julho, a instituição dará início ao Programa de Inclusão de Idosos no Lazer e Recreação – Proidoso, que levará atividades físicas, artísticas e recreativas para seis bairros de Manaus, totalizando 900 beneficiados diariamente.

Segundo a diretora-presidente da Fundação, Martha Cruz, o projeto surgiu da necessidade de levar ações de promoção de qualidade de vida aos bairros. “O nosso objetivo é descentralizar as ações. Vamos levar as atividades aos bairros, garantindo a integração do idoso na comunidade em que vive”, disse Martha.

A diretora ressaltou que a descentralização atende à determinação da Política Municipal do Idoso. O Proidoso é um projeto piloto que vai funcionar em seis núcleos da Prefeitura de Manaus, onde já existe infraestrutura e atendimento a idosos, nos bairros Armando Mendes, Cachoeirinha, São Francisco, Japiim 2, João Paulo 2 e Santo Antônio.

“Vamos implantar uma primeira experiência para que o projeto possa ser ampliado para os cerca de 130 grupos de idosos existentes na cidade, como ação complementar às atividades já desenvolvidas”, informou Martha.

Desenvolvimento das ações

A primeira versão do Proidoso terá duração de seis meses, de julho a dezembro. As atividades serão realizadas em cada um dos seis núcleos três dias por semana, durante três horas diárias a serem definidas por cada grupo.

Cada núcleo terá capacidade para atender 150 idosos por dia, totalizando 900 pessoas. A meta é alcançar 10.800 atendimentos por mês e 64.800 no final dos seis meses.

As ações a serem desenvolvidas incluem atividades físicas (vôlei, futsal, atletismo e basquete, caminhada, ginástica, tai chi chuan e danças), recreativas, artísticas, palestras educativas, passeios, eventos festivos e jogos de salão, dominó, baralho e dama.

“Com o Proidoso esperamos também possibilitar o convívio social e oferecer ocupação aos idosos, evitando o adoecimento, a depressão. O idoso ativo torna-se menos vulnerável a situações de violência”, ressaltou Martha.

As ações a serem desenvolvidas incluem atividades físicas (vôlei, futsal, atletismo e basquete, caminhada, ginástica, tai chi chuan e danças), recreativas, artísticas, palestras educativas, passeios, eventos festivos e jogos de salão, dominó, baralho e dama.

“Com o Proidoso esperamos também possibilitar o convívio social e oferecer ocupação aos idosos, evitando o adoecimento, a depressão. O idoso ativo torna-se menos vulnerável a situações de violência”, ressaltou Martha.