29/03/11 | 9:45
Seresta Prosa & Poesia retorna as apresentações no Parque do Idoso

O retorno da seresta Prosa & Poesia no Parque Municipal do Idoso foi marcado pela animação e apresentação de clássicos da música popular brasileira. O grupo, formado por 20 idosos, apresenta-se sempre às quintas-feiras, às 10h na lanchonete do Parque.

“Brasileirinho”, “Naquela mesa” e “Não deixe o samba morrer” foram algumas músicas do repertório do grupo apresentadas na última quinta. Os integrantes, homens e mulheres, revezam-se no vocal a cada canção, o que permite a valorização dos vários talentos. A beleza e a afinação das vozes chamam a atenção.

O hall de lanchonete se transformou em um baile em plena manhã. Os demais usuários do Parque aproveitaram o intervalo das atividades para ver a apresentação da seresta e dançar.

A Seresta Prosa & Poesia foi retomada em 2009. Os integrantes fazem um ensaio às terças-feiras e se apresentam às quintas-feiras. Também participam das festas do Parque e da Fundação Dr. Thomas. Os instrumentos utilizados são violão, cavaquinho, pandeiro, tan tane xeque-xeque.

Uma das vocalistas da seresta, Aldenir Xavier Lima, de 67 anos, mais conhecida como Boneca, tem uma história antiga com a música. Aos oito anos, ela começou a se apresentar como caloura-mirim da Maloca dos Barés. “Sempre gostei de cantar, e a música sempre me acompanhou”, disse Aldenir.

A idosa, que está na seresta há um ano, teve um motivo a mais para comemorar o retorno do grupo. “Tive complicações na visão por causa da diabetes. Hoje estou conseguindo cantar e enxergar meus colegas. E a música foi fundamental para a recuperação da visão de um olho”, afirmou Aldenir