Posts Tagged ‘medicinais’

Mais de 50 idosos participam de Exposição de Plantas Medicinais no PMI

quarta-feira, julho 24th, 2013

Mais de 50 idosos que participam da Oficina da Memória do Parque Municipal do Idoso (PMI) realizam, de 24 a 26 de julho, uma exposição sobre plantas medicinais. O trabalho é coordenado pelo grupo de psicologia do PMI e acontece, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na sede do Parque, na Rua Rio Mar, Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus.

A exposição conta com 25 plantas medicinais, sendo 15 expostas pela parte da manhã e as outras dez pelo período da tarde. Durante os três dias do evento, os participantes da Oficina da Memória do PMI vão falar sobre indicações medicamentosas, o preparo e o modo de usar as medicações naturais. Entre as plantas expostas, há babosa, manjericão, hortelã, crajiru, alho, erva cidreira, canela, quebra-pedra, copaíba, boldo e mastruz.

A psicóloga do PMI, Karla Thainá Oliveira, explicou que trimestralmente a psicologia desenvolve atividades, como amostras e exposições, para estimular o despertar para o saber, a memória, a comunicação e a percepção dos usuários do Parque. “Eles são responsáveis por tudo que está exposto. Eles que fizeram as pesquisas sobre as plantas medicinais, confeccionaram os cartazes e lembrancinhas, nós só coordenamos”.

A diretora-presidente da Fundação Doutor Thomas (FDT), Martha Moutinho Cruz, destacou que atividades como esta fazem parte da preocupação da instituição em oferecer atividades voltadas para estimulação cognitiva e quem estejam aliadas a qualidade de vida. “O Parque Municipal do Idoso, hoje, é o maior elemento de promoção de qualidade de vida da terceira idade do município. Com trabalhos como estes, os usuários do Parque se sentem mais motivados, úteis, estimulam a autonomia e agregam conhecimento”.

As aposentadas Marlene Benarrós, 74, Beatriz Barbosa de Lima, 80, e Francisca Oliveira Amorim, 83, estão responsáveis por apresentar os benefícios do alho e disseram que aprenderam muito com as pesquisas. Dentre os benefícios descobertos estão: o combate ao estresse, ajuda a manter a pressão sanguínea, reduz riscos de câncer, contém vitaminas O e B6 e reduz triglicerídeos e o colesterol. “Antes, pensávamos no alho como bom tempero para as comidas e para cuidar da gripe. Agora, descobrimos que os benefícios vão muito além”, disse Marlene.

 

Assessoria de Comunicação FDT

Gisa Prazeres

8842-2990